ogerente.com
Planejamento para o sucesso da organização

 Leia Antes de Continuar: Você está visualizando uma versão antiga do Portal O Gerente.  Conheça e faça seu cadastro na Rede O Gerente, nossa rede social e de conteúdo.

 

Gestão

Gestão Empresarial
03/05/2007
Planejamento para o sucesso da organização
PUBLICIDADE

Em toda execução de uma atividade, seja ela qual for, utilizamos um planejamento, seja ele através de um simples pensamento ou elaborado em detalhes descrevendo cada passo. Algumas pessoas, que pelo fato de conhecer todo o processo, acreditam que não é mais necessário planejar, mas elas estão muito enganadas pensando desta forma.

Uma das tarefas mais importantes de uma organização é seu planejamento. Existem muitas espécies de planejamento e podem ser definidas de diferentes maneiras.

Dizemos que estamos planejando quando listamos as atividades do dia ou quando pensamos em fazer um churrasco para os amigos, onde buscamos algumas informações importantes como; número de convidados, quantos quilos de carne comprar, quantos refrigerantes comprar, e outras informações importantes para que o churrasco transcorra conforme o planejado. Em termos de atividade gerencial, porém, o que entendemos por planejamento pode ser dividido em termos muito específicos, assim definimos planejamento como:

“Planejamento é um processo administrativo que visa determinar a direção a ser seguida para alcançar um resultado desejado” (Lacombe (2003, p.162).

O planejamento é uma ferramenta administrativa, que possibilita perceber a realidade, avaliar os caminhos, construir um referencial futuro, estruturando o trâmite adequado e reavaliar todo o processo a que o planejamento se destina. Sendo, portanto, o lado racional da ação. Tratando-se de um processo de deliberação abstrato e explícito que escolhe e organiza ações, antecipando os resultados esperados. Esta deliberação busca alcançar, da melhor forma possível, alguns objetivos pré-definidos.

As atividades ou passos dados por uma organização devem ter uma continuidade, normalmente perfazendo um ciclo durante determinado período.

Fig 1: Natureza cíclica do processo de administração

Planejamento

Para realização de um bom planejamento é necessário seguir alguns passos que são de grande importância, para isto devemos:

• Definir metas;
• Estruturar a organização da melhor maneira para alcançar as metas e os objetivos;
• Atribuir responsabilidades a todos os responsáveis pelo cumprimento das metas;
• Alocar recursos necessários;
• Conceber controles organizacionais (cronogramas e parâmetros do desempenho da organização como um todo).

Controle

Após conclusão do planejamento devemos colocar em prática o que foi planejado, a partir deste momento é que vamos nos concentrar na atividade de controlar, assegurando que a meta será alcançada. O controle gerencial tem como finalidade assegurar o uso eficiente e eficaz dos recursos estabelecidos para acompanhamento das metas estabelecidas. Para isto devemos:

• Desenvolver indicadores individuais, para cada processo, para que as metas a sejam cumpridas;
• Elaborar controles de projeto (tais como plano de trabalho e datas marco);
• Instituir fatores que motivem os colaboradores ao cumprimento das metas;
• Monitorar os processos para que as metas sejam cumpridas, importante para que não haja surpresas no final do período planejado;
• Analisar o progresso do desempenho da situação planejada, assim podemos tomar algumas medidas se por acaso não estiver ocorrendo conforme planejado;
• Solucionar os problemas, evitando o comprometimento do que foi planejado;
• Treinar a equipe para que se faça bom trabalho daquilo que foi planejado;
• Avaliar desempenho dos processos.

Avaliação do feedback

O feedback é uma atividade importante após implantação do planejamento realizado. O mesmo tem a função de avaliar como a organização está se saindo na conquista de suas metas através dos indicadores definidos e se preparar para reiniciar todo o processo.

Dentre as muitas espécies de planejamento destacamos o planejamento estratégico e o planejamento operacional. No planejamento estratégico, é importante recolher todas as informações necessárias, para estabelecer as metas a serem cumpridas pela organização, para garantir o sucesso das atividades.

Enquanto o planejamento estratégico ocorre nos escalões mais elevados, os outros gerentes estão envolvidos no planejamento operacional. Dentro do planejamento estratégico definido para a organização, cada setor da empresa precisa definir as metas que os conduzirão para o cumprimento do que foi planejado.

Mas o que vem a ser uma meta?

A Meta é o resultado esperado até o final de um determinado ciclo (período), instituído pela organização. No começo do ciclo (período) indicamos um resultado específico que queremos obter no seu final.

Porém para que as metas sejam alcançadas será preciso definir quais são os indicadores importantes que devemos monitorar em um determinado ciclo (período), para que nossa meta seja realmente alcançada. Assim definimos indicadores como:

Índice estatístico que reflete sistematicamente as variações de resultados em um dado momento.

Os resultados analisados a partir de indicadores das atividades realizadas para o  cumprimento das metas nos darão uma visão geral da situação. Através do controle periódico dos indicadores, saberemos se precisamos mudar o que foi planejado para cumprimento da meta ou se basta apenas continuar monitorando.

Nosso mundo está em constantes mudanças e estas mudanças exigem dos profissionais e organizações, uma postura mais arrojada. Muito se tem falado de que estamos na era do conhecimento, isto significa que as pessoas, cada vez mais, estão em busca de novos aprendizados. Assim fica cada vez mais claro o quanto precisamos estar por dentro das novas tendências do nosso mercado de atuação, e o que devemos fazer para nos tornar mais competitivos, e não cair na obsolescência neste mercado tão dinâmico.

Se acreditarmos que não precisamos planejar porque sabemos ”tudo” o que temos de fazer, deixaremos para trás uma grande oportunidade de crescimento. Precisamos ser competitivos para sermos  capazes de superar a concorrência naqueles aspectos de desempenho que os nichos de mercado visados valorizam. Por isto se dá a necessidade de planejar o que queremos e devemos fazer nos tornando cada vez mais competitivos em nosso mercado de atuação.

Referenciais Bibliográficas:
MONTANA, Patrick J., CHARNOV, Bruce H., Administração, São Paulo, Editora Saraiva, 2003, 2ª edição

 
 
VOLTAR PARA O ÍNDICE DE COLUNAS
 
Publicidade
 
 
 
 
 
Colunista
Amarildo Nogueira
 
 
  Consultor ePalestrante Especialista em Logística e Gestão de Pessoas
 
 
  20
 
  18
 
  34
 
  Veja o Perfil Completo  
  Outros Artigos de sua autoria  
  Adicionar o Colunista aos Favoritos  
  Escreva para este Colunista  
  Website do Colunista  
  Citações do Colunista  
  Produtos do Colunista  






Avantta Consulting Pozati Comunicação