ogerente.com
Humor no Trabalho

 Leia Antes de Continuar: Você está visualizando uma versão antiga do Portal O Gerente.  Conheça e faça seu cadastro na Rede O Gerente, nossa rede social e de conteúdo.

 

Gestão

Liderança
12/06/2008
Humor no Trabalho
PUBLICIDADE

Tudo que acontece de forma espontânea e equilibrada traz bons resultados e em relação ao clima organizacional trabalhar com uma equipe bem humorada é sempre motivo de satisfação e aumento da permanência no trabalho, por isso, sou totalmente favorável que profissionais tenham seus momentos de descontração, de brincadeiras, de piadas e o que mais for parecido com isso, afinal de contas, não é sadio estar pressionado a dar resultados o tempo todo sem poder rir um pouco e brincar com as coisas da vida. Porém, muitos me questionam se não é arriscado perder o foco, a concentração, o respeito, virar indisciplina e baderna e concordo se não for bem administrado e a equipe não estiver suficientemente madura e consciente de suas responsabilidades. Entendo que como qualquer conduta desejada e valorizada a empresa também deva normatizar a prática do humor ou da descontração evitando os abusos, os riscos citados acima e a tomada de medidas proibitórias posteriormente.

Imagine: um cliente gosta mais de uma loja descontraída ou estilo quartel ou convento? (apesar de que hoje em dia até eles têm seus dias de        tração). Pois é, cliente compra mais em ambientes descontraídos, leves e com bom astral. Também na área de criação as pessoas criam mais na descontração que na pressão. Eu mesmo, trabalho melhor de bermudas, camisetas, sapatos sem meias que vestido com roupas sociais, ternos, etc. Uma vez fiz um treinamento na Mormaii de Garopaba/SC e fiquei maravilhado em ver os profissionais satisfeitos e vestidos com roupas leves e descontraídas; exemplos como Bil Gates e tantos outros nos orientam para este caminho. Fui gerente de banco e quando pude liberei terno e gravata da minha equipe, éramos os melhores do mercado na época. Claro que não podemos radicalizar, sabemos que tem segmentos que descontração deve ser pensado e repensado, se você trabalha numa funerária, cuidado! O humor ou descontração não são sinônimos de bagunça ou imoralidade. É sério e muito sério.

Faça um desafio para sua equipe. Defina o dia da descontração, libere o uniforme, faça da sala do cafezinho um local para piadas, para humor, etc. Pode ter certeza que a coisa vai melhorar e os resultados serão outros. Porém, se você acha que é loucura mantenha seus padrões, mas se está com dúvida, teste e decida depois.

Reflita com humor!!!

 
 
VOLTAR PARA O ÍNDICE DE COLUNAS
 
Publicidade
 
 
 
 
 
Colunista
Mello Jr.
 
 
  Consultor de Empresas e Palestrante
 
 
  166
 
  29
 
  59
 
  Veja o Perfil Completo  
  Outros Artigos de sua autoria  
  Adicionar o Colunista aos Favoritos  
  Escreva para este Colunista  
  Website do Colunista  
  Citações do Colunista  
  Produtos do Colunista  






Avantta Consulting Pozati Comunicação