ogerente.com
Etapas de um Bloco Econômico

 Leia Antes de Continuar: Você está visualizando uma versão antiga do Portal O Gerente.  Conheça e faça seu cadastro na Rede O Gerente, nossa rede social e de conteúdo.

 

Finanças

Economia
19/04/2008
Etapas de um Bloco Econômico
PUBLICIDADE

Deve ser uma curiosidade de muita gente como evolui um bloco econômico para chegar onde está, por exemplo, a União Européia, o mais avançado bloco do planeta, tendo demorado mais de 50 anos para ser o que é hoje. Neste artigo, definir-se-á as etapas de um bloco, de forma simples.

O bloco econômico é a associação econômica (e, na maioria das vezes, por motivo geográfico) de países com o objetivo de se fortalecer economicamente e de criar cooperação mútua. Desde que membro do bloco, o país passa a compartilhar com outros membros alguns fatores importantes, como a abertura das alfândegas e a isenção e/ou redução de impostos de importação.

A primeira etapa é a Zona de Preferência Tarifária, na qual são estabelecidas tarifas preferenciais intra-bloco. Em outras palavras, os países membros estabelecem tarifas de importação menores para seus vizinhos. Isso significa que um DVD fabricado num país A pode chegar a um preço mais barato no país B (membro do bloco) que no país C (não membro), descontadas as diferenças da taxa de câmbio dos países.

Etapas de um Bloco Econômico

A segunda etapa, a Associação de Livre Comércio, é um aprofundamento da Zona de Preferência Tarifária, com muitos produtos sendo negociados com uma redução ou isenção de impostos, mas ainda com restrições alfandegárias. O Mercosul, embora tenha o nome de Mercado Comum, está nesta etapa.

A União Alfandegária ou Aduaneira é a terceira etapa e nela já há a livre circulação de produtos, já que as alfândegas são extintas internamente e, em certo grau da união, estabelece-se a Tarifa Externa Comum (TEC), o que significa que todos os países membros do bloco cobrarão a mesma tarifa de importação dos produtos dos países extra-bloco. Não há representantes nesta etapa, já que a União Européia está numa fase mais adiantada.

Etapas de um Bloco Econômico

O Mercado Comum propriamente dito, a quarta etapa, prevê livre circulação de produtos e fatores, o que equivale a dizer que as pessoas podem trabalhar livremente e as empresas se implantarem livremente dentro do bloco.

A quinta etapa é a União Econômica, que prevê políticas econômicas comuns dentro do bloco. É um passo delicado, pois começa a ser ameaçada a soberania econômico-decisória das nações.

A sexta etapa, mais ainda aprofundada, é a União Econômica e Monetária, que já estabelece um padrão monetário único, uma moeda única e um banco central do bloco. É o estágio atual da União Européia, que introduziu o euro como moeda do bloco.

A União Política é algo mais sério por requerer perda relativa de soberania político-decisória dos países membros. Nesta etapa, pode haver uma Constituição única, acima das cartas nacionais, e até a formação de um só país. Não há representantes nesta etapa, embora a União Européia tenha feito tentativas para avançar em legislações únicas no “continente europeu”. 

Abaixo, um resumo das etapas do bloco econômico.

Etapas de um Bloco Econômico

 
 
VOLTAR PARA O ÍNDICE DE COLUNAS
 
Publicidade
 
 
 
 
 
Colunista
Érik Campos Dominik
 
 
  Economista docente pelo IFMG Campus Bambuí
 
 
  08
 
  03
 
  03
 
  Veja o Perfil Completo  
  Outros Artigos de sua autoria  
  Adicionar o Colunista aos Favoritos  
  Escreva para este Colunista  
  Website do Colunista  
  Citações do Colunista  
  Produtos do Colunista  






Avantta Consulting Pozati Comunicação